PHP 5.4.36 Released

Lista de opções do script configure

Abaixo está a lista parcial das opções do script configure usado pelo PHP quando compilando o mesmo em ambientes Unix-like. A maioria das opções de configuração está listada na página de referência da extensão e não aqui. Para uma lista atualizada e completa das opções do script configure, execute ./configure --help no diretórios dos fontes do PHP após executar autoconf (veja também o capítulo de Instalação). Você pode também se interessar em ler a documentação do » GNU configure para obter informações em opções adicionais do configure tais como --prefix=PREFIX.

Nota:

Essas opções são utilizadas apenas em tempo de compilação. Se você quiser alterar a configuração do PHP em tempo de execução, por favor, veja o capítulo de Configuração em tempo de execução.

Opções do Configuração do PHP

Opções Mistas

--enable-debug

Compila com símbolos para depuração.

--with-layout=TYPE

Configura a disposição dos arquivos instalados. TYPE pode ser PHP (padrão) ou GNU.

--with-pear=DIR

Instala o PEAR em DIR (padrão é PREFIX/lib/php).

--without-pear

Não instala o PEAR.

--enable-sigchild

Permite que o PHP tenha um tratador de SIGCHLD próprio.

--disable-rpath

Desabilita passagem de caminhos adicionais aonde buscar por bibliotecas em tempo de execução.

--enable-libgcc

Habilita montar explicitamente com a libgcc.

--enable-php-streams

Inclue fluxos de dados (streams) experimentais do PHP. Não use a não ser que esteja testando o código!

--with-zlib-dir[=DIR]

Define a localização do diretório onde a zlib está instalada.

--enable-trans-sid

Habilitada propagação transparente do id da sessão. Apenas válido para PHP 4.1.2 ou anterior. Do PHP 4.2.0 em diante, a funcionalidade trans-sid sempre é compilada.

--with-tsrm-pthreads

Use threads POSIX (padrão).

--enable-shared[=PKGS]

Monta bibliotecas compartilhadas [padrão=yes].

--enable-static[=PKGS]

Monta bibliotecas estáticas [padrão=yes].

--enable-fast-install[=PKGS]

Optimiza para instalação rápida [padrão=yes].

--with-gnu-ld

Presume que o compilador C usa o GNU ld [padrão=no].

--disable-libtool-lock

Evita travamento (pode quebrar compilações rodando em paralelo).

--with-pic

Tenta usar apenas objetos PIC/não-PIC [padrão=use both].

--enable-memory-limit

Compila com suporte a limite de memória. (não disponível desde o PHP 5.2.1 - sempre habilitado)

--disable-url-fopen-wrapper

Desabilita o wrapper da função fopen que permite acessar arquivos via HTTP ou FTP. (não disponível desde o PHP 5.2.5)

--enable-versioning

Exporta apenas os símbolos necessários. Veja o arquivo INSTALL para mais informações.

Opções do PHP

--enable-maintainer-mode

Habilita criar regras e dependências que não são úteis (e algumas vezes confusas) para o instalador casual.

--with-config-file-path=PATH

Edita o caminho no qual deve procurar pelo arquivo php.ini, padrão é PREFIX/lib.

--enable-safe-mode

Habilita o modo seguro por padrão.

--with-exec-dir[=DIR]

Apenas permite executáveis no DIR quando em modo seguro. Padrão é /usr/local/php/bin.

--enable-magic-quotes

Habilita aspas mágicas por padrão.

--disable-short-tags

Desabilita a forma comprimida de tag inicial <? por padrão.

--enable-zend-multibyte

Habilita código multibyte no parser e scanner da linguagem. Quando o PHP é compilado com esta opção, ela também irá habilitar a diretiva encoding no declare.

--with-libdir

Especifica o diretório onde as bibliotecas necessárias para compilar o PHP se encontram em um sistema UNIX. Para sistemas 64bit, é necessário especificar o diretório lib64 desta forma: --with-libdir=lib64.

Opções SAPI

A lista a seguir contêm as SAPI&s (Server Application Programming Interface) para o PHP.

--with-aolserver=DIR

Especifica o caminho de instalação do AOLserver .

--with-apxs[=FILE]

Monta o módulo compartilhado do Apache. FILE é o caminho opcional para a ferramenta apxs do Apache; padrão é apxs. Assegure-se que você especificou a versão do apxs que está atualmente instalado no seu sistema e não a que está no diretório de fontes do Apache.

--with-apache[=DIR]

Monta o módulo estático do Apache. DIR é o diretório raíz do apache, sendo que o padrão é /usr/local/apache.

--with-mod_charset

Habilita á tabelas de referências do mod_charset (Apache Russo).

--with-apxs2[=FILE]

Monta o módulo compartilhado do Apache 2.0. FILE é o caminho opcional para a ferramenta apxs do Apache; sendo o padrão para o apxs.

--with-caudium=DIR

Instale o módulo Pike, e utilize o Caudium. Sendo o DIR o caminho do servidor Caiudim, por padrão o valor é /usr/local/caudium/server.

--disable-cli

Disponível a partir do 4.3.0. Para desabilitar a utilização do PHP na linha de comando (CLI) poderá utilizar a diretiva --without-pear). Para mais informações leia sobre Utilizando o PHP a partir da linha de comando (CLI)..

--enable-embed[=TYPE]

Habilita a instalação da biblioteca SAPI embutida. TYPE pode ser shared ou static, sendo o padrão shared. Disponível com PHP 4.3.0.

--with-fhttpd[=DIR]

Instala o módulo fhttpd. DIR é o diretório dos fontes do fhttpd, sendo o padrão /usr/local/src/fhttpd. Não está mais disponível a partir do PHP 4.3.0.

--with-isapi=DIR

Instala o PHP como um módulo ISAPI para uso com o Zeus.

--with-nsapi=DIR

Especifica o caminho para o servidor web instalado Netscape/iPlanet/SunONE.

--with-phttpd=DIR

Nenhuma informação ainda.

--with-pi3web=DIR

Monta o PHP como módulo para usar com Pi3Web.

--with-roxen=DIR

Instala o PHP como um módulo Pike. DIR é o diretório básico do Roxen, normalmente /usr/local/roxen/server.

--enable-roxen-zts

Monta o módulo Roxen utilizando Zend Thread Safety.

--with-servlet[=DIR]

Inclue o suporte à servlet. DIR é o diretório base de instalação para a JSDK. Esse SAPI requer que a extensão java seja monta como uma dl compartilhada.

--with-thttpd=SRCDIR

Monta o PHP como um módulo thttpd.

--with-tux=MODULEDIR

Monta o PHP como um módulo TUX (apenas Linux).

--with-webjames=SRCDIR

Monta o PHP como um módulo do WebJames (apenas para RISC OS)

--disable-cgi

Desabilita a construção da versão CGI do PHP. Disponível com PHP 4.3.0.

Desde o PHP 5.3.0 este parâmetro habilita o modo FastCGI que anteriormente era habilitado usando --enable-fastcgi.

--enable-force-cgi-redirect

Habilita a checagem de segurança nos redirecionamentos internos do servidor. Você deve usar isso se você estiver executando a versão CGI com o Apache.

Desde o PHP 5.3.0 este parâmetro é desativado por padrão e não existe mais. Para desativá-lo, a diretiva cgi.force_redirect deve ser marcada como 0.

--enable-discard-path

Se essa opção estiver habilitada, o binário CGI do PHP pode ser colocado com segurança fora da estrutura web e os usuários não serão capazes de evitar a segurança do .htaccess. (somente apache)

Desde o PHP 5.3.0 este parâmetro é desativado por padrão e não existe mais. Para ativá-lo, a diretiva cgi.discard_path deve ser marcada como 1.

--enable-fastcgi

Se essa opção estiver habilitada, o módulo CGI será montado com suporta para FastCGI também. Disponível desde o PHP 4.3.0.

Desde o PHP 5.3.0 este parâmetro não existe mais e é ativado por --enable-cgi.

--disable-path-info-check

Se essa opção estiver desabilitada, caminhos como /info.php/test?a=b não funcionarão. Disponível desde o PHP 4.3.0. Para mais informações, leia o » Manual do Apache.

add a note add a note

User Contributed Notes 1 note

up
-7
quantoid
5 years ago
use --enable-soap to use SoapClient/Server classes
To Top